Arte

Brasil: Rumo ao título da Copa América e ao meio milhão de mortos por Covid (POR: Cefas Carvalho)

 

 

Como percebemos ontem, aquele rompante de dignidade dos jogadores da seleção brasileira de futebol na semana passada no sentido de não disputarem a Copa América foi só um ´engana trouxa`. Com uma nota de indignação que mais parece aquelas notas de repúdio que Câmara e Senado tanto emitiam a cada vez que Bolsonaro ameaçava […]

O Prêmio Potiguar de Música realizará cerimônia virtual para divulgar o vencedores

 

 

A Produção do Prêmio Potiguar de Música realizará no próximo dia de 19, a partir das 17 horas pelo Youtube da PNTVPLAy e redes sociais da Oficina Livre de Música uma cerimônia virtual para apresentar os vencedores do festival de música autoral que já é a sensação musical do RN.  Em sua primeira edição, […]

 

 
Escrevi esse poema
Para lembrar com alegria
Dessas saudades que guardo
No tempo da pandemia.
Saudade dos cordelistas
Dos poetas, dos artistas,
Das palestras, da zuoada.
Com a saudade crescendo
Eu vou terminar dizendo:
Eita saudade danada!
A minha segunda-feira
É um dia sem lazer
Acordo sempre disposto
Porém não tenho prazer.
Na mente vem as lembranças
Das escolas, das crianças,
André, Mariana, Paula…
A turma toda animada,
Eita saudade danada
Da minha […]

SAUDADE QUE NÃO MORRE

Por: Daniel Costa

 

Um copo de Stolichnaya e Keith Richards cantando The nearness of you. Eu realmente poderia estar satisfeito com isso numa noite de sexta. Mas a perda da liberdade nestes tempos de pandemia incomoda pra valer. Dói no estômago a impossibilidade de não poder fazer escolhas; a sensação de que é impossível assumir […]

Daliana Cavalcanti é finalista do Prêmio Potiguar de Música

Daliana Cavalcanti, cantora lírica, é uma das 10 finalistas do Prêmio Potiguar de música, que acontece no próximo dia 19 de maio. A escolha do vencedor, que receberá uma premiação de 7 mil reais, será através de votação popular. A cantora, natural de Currais Novos, é intérprete da música Despertar, de Marzelê Maribondo.

Link para […]

Os Vetustos Templos de Natal

         A ondulação magnificente do rio, as lôbregas lufadas das procelas, os murmúrios inebriados e angustiados das multidões, o fraco ressoar das palavras incompreensíveis dos oprimidos. Um só homem pregando além dos limites de infinitas trevas. Assim elas nasceram, e serão eternas como as pedras fincadas nesse chão. A partir das narrativas de suas origens, […]