Os problemas de evasão escolar e baixos índices de aprendizagem no ensino público já eram sentidos antes da pandemia. Há 15 meses que no RN milhares de alunos não vão mais às suas escolas e boa parte deles não conseguiram, por deficiência técnica e condições financeiras, acompanhar as aulas e atividades remotas. O que fazer pra mudar tudo isso rapidamente e diminuir seus efeitos dramáticos no presente e principalmente quando olhamos o futuro do nosso país? Para responder a essa questão, o engenheiro e auditor fiscal Fernando Freitas debate com os professores Getúlio Marques, Secretário estadual de educação, e Manoel Barreto, criador da plataforma ClickIdea.