Inadmissível e prejudicial para a economia e para todos os aumentos abusivos dos combustíveis no Brasil. Por que tantos reajustes dentro de um único mês? Apesar do RN produzir diesel e gasolina por que temos o 3o maior preço do país? Muitos falam em cartel. Será? E a qualidade dos produtos e a quantidade vendida estão sendo fiscalizadas com frequência? O que podemos fazer? Sobre essas questões, o engenheiro e auditor fiscal Fernando Freitas conversa com Pedro Lucio, diretor do SINDIPETRO (Sindicato dos Petroleiros do RN), e Hermano Morais (PSB), deputado estadual. Confiram no Cultura em Pauta!