Na última semana, Patrícia Abravanel, herdeira do Baú da Felicidade e esposa do atual ministro das comunicações Fábio Farias, tomou a primeira dose da vacina. A apresentadora, ao lado dos filhos em um drive-thru no Rio de Janeiro, celebrou esse fato com postagens no Instagram.

A atitude da apresentadora gerou repercussão nas suas redes sociais, nas quais seus seguidores questionaram se ela não deveria tomar Cloroquina, uma vez que seu marido é um defensor ferrenho desse medicamento sem eficácia comprovada contra a covid-19.

Sobre o fato, os adeptos da filha de Silvio Santos emitiram opiniões distintas, celebrando sua imunização ou ironizando o ato. “Tomou a vacina? Deveria tomar cloroquina!”, afirma uma internauta em tom de sarcasmo. “Vai virar jacaré!, afirma outro.

Patricia Abravanel, além da defesa incondicional ao esposo sobre as questões que envolvem o bolsonarismo, recentemente se envolveu em outras polêmicas, quando, por exemplo, minimizou a importância de combater a homofobia, além de defender a traição no casamento, o que contraria os valores cristãos e conservadores que supostamente defende.

 

Créditos da foto: Revistaquem.com.br