Em seu perfil no Twitter, a cantora Zélia Duncan criticou o atacante da seleção brasileira Neymar, afirmando que o atleta é uma “decepção” como cidadão, além de tachá-lo como uma “promessa” no campo profissional. Os ataques por parte da artista foram motivados pelo fato do jogador supostamente não pagar seus impostos.

Além de Zélia Duncan, a qual pediu para Neymar cumprir suas obrigações fiscais, a atriz Patrícia Pilar também corroborou com o tom de reprovação em relação ao jogador. A global salientou que foi inoportuna a declaração dada pelo atleta em entrevista, quando ele afirmou que tem a intenção de ser o maior artilheiro da história da seleção, na medida em que Pelé encontra-se hospitalizado.

 

Patrícia Pillar ainda ressaltou que, por uma questão de empatia e educação, Neymar poderia ter evitado o comentário sobre o recorde individual. “São essas delicadezas da vida que talvez você ainda não tenha aprendido”, ratificou a atriz. Em resposta, o jogador adotou um posicionamento sarcástico, mas notabilizando sua obrigação como atacante da seleção: “Ah pronto, tenho que parar de fazer gol agora”.

 

Incomodado pelas ponderações negativas no que tange à sua postura, sobretudo no extra-campo, Neymar desabafou para a imprensa, indagando acerca do que “precisa fazer para merecer o respeito de repórteres e comentaristas”.

 

No que se refere às alegações das artistas sobre o aspecto tributário do jogador, a Receita Federal cobra R$ 69 milhões em impostos e multas de Neymar, em processo que acusa o jogador de sonegar impostos no Brasil quando se transferiu do Santos para o Barcelona, em 2013.

Crédito da foto: esportes.yahoo.com