Literatura

Encarando a poesia (colorida) de Dailor Varela, Clotilde Tavares e Carlos Lucas Por: João Gualberto

 

 

Rio Grande. Poesia. Do Norte. Brasil.

Ao iluminar o fim do século, os poetas cumprem a missão de formar, no papel em branco, a impressão que se tem da vida gráfica. Há poetas de diversas categorias, aglutinados em números, gêneros e graus, os mais diversos. Poetas de um verso só, quando um simples verso diz […]

JOAQUIM LUCAS DA COSTA – Do Teatro Da Vida Para a Escola (POR: Carlos Lucas)

 

O comerciante e jornalista Joaquim Lucas da Costa (1886/1925), poderia ter sido mais  um dos profissionais desta atividade a ser despachado do cenário da vida intelectual  de  Natal, principalmente nos meados da década de 20 do século XX, ingloriamente, sem deixar marcado o rastro da sua presença. Mas, graças ao seu talento artístico, terminou […]

Boca de Lobo (Por: Ana Catarina Silva Fernandes)

 

 

Para Janaína Montenegro

Desses dias que a gente não sabe ao certo o porquê de se estar desorientado. Perambulo pela casa. Entro em um cômodo e outro. Tudo está em marcha lenta. Faço as mesmas coisas de sempre antes de ir para o trabalho. Mas parece que nada flui…. Logan passa por mim correndo. Tropeço […]

A partida de um amigo POR: (Andreia Braz)

 

Em sua última entrevista, o escritor argentino Jorge Luis Borges falou sobre a infância, a cegueira, a morte e, como não poderia deixar de ser, de sua relação com os livros. A entrevista foi concedida ao jornalista Roberto D’Ávila, em 1985. Borges morreria alguns meses depois. Quando perguntado sobre “as grandes sensações de sua […]

SENHORA PIA… – (POR: Flávia Arruda)

 

 

 

A senhora pia só sabe resmungar, reclama que vive cheia de louça suja, com panelas encardidas, esperando para serem ariadas, copos com restos de sucos e bordas marcadas com batom. No escorredor de inox, a colher de pau partilha divisória com o coador de pano do café, um pouco mais para o lado está […]

CRINGER (POR: ANA CATARINA SILVA FERNANDES)

 

Mãe, você é cringe.
O que importa isso?
Nada.
Nada mesmo.
“É preciso amar as pessoas como se não houvesse amanhã.”
Como assim? Você cantando “Pais e Filhos” de Legião Urbana?
Essa música é legal.
Isso. Muito massa mesmo.
Pelo amor de Deus, Mãe!
“Massa” tá ultrapassado.
Posso pegar sua sapatilha cor de rosa?
Mesmo, que você quer ir com ela?
Claro. E também a bolsa […]

Sete agoras de sítio (POR: Wescley Gama)

 

 

                                                           

 

 

 

 

 

 

                                                               I

                                          lagartixas metidas entre pedras

                                            se entregam à lenta missão

                                              de afagar a tarde quente.

 

                                                               II

                               bois pousados à beira de […]

É Preciso Saber Viver (Por: Cefas Carvalho)

 

Apesar de admirar Chico, Caetano e demais ícones da MPB, Pinto Júnior gostava mesmo era de Roberto Carlos. Musicalmente, era o ´Rei` a paixão maior do saudoso jornalista e amigo que partiu no sábado vitimado por complicações pós-Covid.

Perdi a conta de quantas vezes ele pedia em bares e restaurantes que o dono ou o […]

JUNHO, ÊTA MÊS ARRETADO! (POR: Flávia Arruda)

 

 

E então eu havia passado duas semanas tentando dissertar sobre o tema São João. Algumas ideias chegavam e se iam com a mesma intensidade. Os dias passavam e nada de surgir uma boa prosa, que valesse a coragem de transcrevê-lo para o papel em branco, quase amarelado e um tanto amarrotado, de tanto passar […]

Roda Poética: Mulherio RN+Saudável

 

 

                                                                 

                                                                         O amor em tempos de pandemia

Realização: UPTPS/DPIPS/ SESAP-RNParceria: Mulherio das Letras Nísia Floresta RNData:25 de junho de 2021 // 17h30Síntese:A 2ª edição do […]