De acordo com um levantamento feito pela Universidade de São Paulo (USP), através do trabalho de coordenação dos professores Pablo Ortellado e Márcio Moretto, os postulantes à Presidência da República Ciro Gomes (PDT-CE) e Lula (PT) aparecem na liderança de intenção de votos entre os manifestantes contra o governo de Jair Bolsonaro no último dia 12. O resultado dos dados foi divulgado pela BBC Brasil.

 

Conforme apontou a pesquisa, realizada com a participação de 840 pessoas, o político cearense, o qual esteve presente no ato na Avenida Paulista, aparece em primeiro com 16% contra 14% do ex-presidente. O ex-ministro Sérgio Moro ficou na terceira posição com 11%. Além deles, João Dória (PSDB-SP) e João Amoedo (NOVO), que também estiveram entre os protestos contra o governo federal, foram citados entre as preferências.

 

No que concerne a um hipotético cenário de segundo turno entre Lula e Bolsonaro, os quais aparecem inseridos em um possível confronto de polarização, o petista aparece na predileção desse público específico com 54%, enquanto 40% se abstiveram na resposta. O atual chefe do executivo federal sequer foi citado.

 

Os protestos, que foram convocados pelo Movimento Brasil Livre (MBL) e “Vem pra Rua”, antes associados ao bolsonarismo e que protagonizaram reivindicações em massa contra a presidente destituída Dilma Roussef, contemplaram a diversidade partidária. Nesse sentido, segundo a pesquisa, 37% dos ouvidos se disseram de esquerda ou centro-esquerda e 34%, de direita ou centro-direita.

Crédito da foto: jc.ne10.uol.com.br